Pesquisar

Sexo na gravidez: o que pode, o que não pode e o que dá prazer?

O sexo na gravidez pode ser muito prazeroso, sabia? Inclusive, a prática pode proporcionar benefícios para o bebê e ainda para a relação do casal. E, mesmo com essa constatação, muita gente acredita que transar durante a gestação é algo proibido!

Esses dois pontos de vistas tão divergentes acabam gerando dúvidas e mais dúvidas para muitos casais. Nesse caso, não existe outro caminho: buscar informações! Diante disso, mergulhamos fundo no assunto para sanar qualquer dúvida. Afinal, é o seu prazer e saúde que estão em jogo, concorda?

Que tal se informar ainda mais? Confira curiosidades sobre o sêmen ou esperma que quase ninguém fala!

Sexo na gravidez ilustrado com pés de casal e sapato de bebê
O sexo na gravidez pode trazer prazer e benefícios (Foto: Reprodução / Pixabay

Sexo na gravidez: afinal, pode ou não?

Bora responder essa pergunta no sexo na gravidez de forma direta e reta? – então, receba um sonoro sim!

Você pode sim transar durante a gestação. Inclusive, muitos estudiosos e especialistas defendem que a prática proporciona muitos benefícios. Entre eles, está à diminuição da ansiedade (algo natural nesse momento) e até mesmo elevar a autoestima.

Mas, é sempre bom reforçar que cada gestação possui suas próprias particularidades. Assim, caso a gestante apresente algum sangramento no primeiro trimestre, por exemplo, é preciso adotar cuidados.

Essa condição aumenta o risco de um possível parto prematuro e, por isso, é importante evitar penetrações e orgasmos.

Pintou dúvida? Então busque orientações junto ao seu médico e converse sobre o assunto. Ele poderá orientar sobre possíveis cuidados necessários acerca da sua gestação.

Fique por dentro das melhores posições sexuais que ajudam a chegar no orgasmo feminino!

É verdade que o orgasmo induz o aborto?

Essa é outra dúvida sobre fazer ou não sexo na gravidez. Muitos casais ficam com medo de manter relações por conta do risco de um possível aborto. Entretanto, muitas pesquisas e estudos indicam que tanto o sexo como o orgasmo não possuem relação com tais riscos. Ou seja, não provocam partos prematuros ou abortos.

Vale lembrar que o orgasmo é uma sensação que acontece diretamente no cérebro como resposta aos estímulos. Além disso, ocorre uma ampla liberação de hormônios durante o orgasmo, sabia? E, esses hormônios são até mesmo benéficos para o bebê e para a gestante. Isso porque há uma boa sensação de relaxamento e bem-estar.

Um ponto e uma letra que não negam sua importância! Conheça detalhes sobre o que é o ponto G.

Existe um limite de meses da gestação para o sexo?

Muitos obstetras defendem que não há qualquer limite para fazer o sexo na gravidez. Inclusive, há quem afirme que transar durante a gestação pode ser algo mantido até o dia do parto, viu?

Aqui, o que importa mesmo é o bem-estar e o desejo, ou seja, se a mulher está confortável. Até porque, muitas mulheres podem sentir desconforto nas últimas semanas, além de indisposição.

Falando em desejo, temos um conteúdo completinho que fala do tema! Entenda o que é a libido e como ela influencia na vida sexual!

O que as gestantes devem evitar?

Não respeitar os limites e o próprio corpo é algo que deve e precisa ser sempre evitado. Essa é a regra básica quando falamos sobre o sexo na gravidez.

Além disso, especialistas recomendam evitar produtos que possam provocar algum tipo de alergia. Por exemplo, se for usar um lubrificante, prefira aqueles que não possuem cheiro. Além disso, no caso de vibradores, pode ser mais prazeroso e seguro optar pelos modelos de uso externo.

A higienização deve ter cuidado redobrado no caso desses acessórios também. Isso ajudará a evitar, por exemplo, riscos de infecções.

Vem descobrir também: por que o sexo é saudável e tão indispensável para o nosso bem-estar?

Transar durante a gestação pode provocar outra gravidez?

Quem nunca pensou nisso, atire a primeira pedra! Como é uma dúvida comum, fizemos uma pesquisa sobre a opinião de especialistas e a resposta foi unânime: não!

Vale mencionar que a ovulação e amadurecimento dos folículos são interrompidos durante o período da gestação. Isso ocorre porque os hormônios promovem esse bloqueio.

Portanto, se você está em dúvida sobre transar durante a gestação por conta disso, pode desencanar!

Quando se deve evitar o sexo na gravidez?

Como já adiantamos cada gestação é única e é preciso levar isso em conta sempre. Assim, algumas condições devem ser observadas com o objetivo de evitar a penetração:

  • Risco de parto prematuro;
  • Sangramentos (principalmente no primeiro trimestre);
  • Infecções;
  • Bolsa rota, que é quando ela se rompe antes da previsão de parto;
  • Placenta prévia.

Viu só como o sexo na gravidez não precisa ser um tabu? O mais importante é fazer o que você quer e se sente confortável. Afinal, o prazer não precisa ser deixado de lado por conta do momento, concorda?

Posts relacionados