Pesquisar

7 benefícios da masturbação feminina para a saúde da vida sexual

Uma parcela significativa do público feminino nunca se masturbou. Isso não quer dizer falta de interesse pelo prazer sexual. Mas fica claro que estimular por conta própria o canal vaginal é ainda um tabu, embora a prática seja saudável e natural. Assim, as mulheres deixam de aproveitar os benefícios da masturbação feminina.

Justamente por isso, resolvi criar este post para falar sobre as muitas vantagens da masturbação para a vida sexual. Vou mostrar também que a prática influencia no bem-estar como um todo, tanto físico como mental.

Sem mais delongas, conheça os 7 benefícios da masturbação feminina!

1. Alivia as dores menstruais

A masturbação é capaz de aliviar dores diversas, especialmente aquelas oriundas da menstruação e outros sistemas ginecológicos. Isso porque se tocar durante o período menstrual ajuda a prevenir e reduzir aquelas moléstias que costumam ocorrer nessa fase.

O orgasmo libera substâncias químicas na corrente circulatória que atuam como uma espécie de analgésico contra as dores pré-menstruais. Além disso, o ato de masturbar promove a desinflamação da zona genital, diminuindo a pressão causada pelas dores e, consequentemente, o desconforto.

2. Favorece o autoconhecimento

O autoconhecimento proporcionado pelos toques no próprio corpo ajuda as mulheres entenderem quais regiões genitais precisam ser “ativadas” para que elas cheguem ao orgasmo. Em geral, a maior fonte de prazer surge com a manipulação do clitóris.

De fato, grande parte das mulheres precisam de estímulos no clitóris para chegarem ao clímax. É assim que elas passam a conhecer melhor os seus pontos sensíveis, algo bastante importante em uma relação sexual a dois.

3. Melhora o desempenho sexual

Como vimos no tópico anterior, quando a mulher começa a se masturbar sozinha, ela passa a entender quais são os seus pontinhos preferidos de exploração no próprio corpo. Consequentemente, o desempenho sexual também melhora.

Isso não se resume apenas ao ato de guiar o parceiro em direção às práticas que mais a agradem, mas também propicia liberdade e segurança nas relações. Um casal que se conhece bem na cama é mais criativo na hora de buscar por novas brincadeiras.

4. Reduz os níveis de estresse

Outro benefício da masturbação da feminina é que ela contribui para o bem-estar psicológico, já que tem um efeito relaxante que muitas não conhecem. Graças às substâncias que libera no cérebro, as mulheres que se tocam conseguem reduzir os níveis de estresse de forma significativa.

Essa constatação é bem mais importante do que parece à primeira vista, já que está relacionada a outros benefícios. Afinal de contas, o estresse está associado a outros problemas, como depressão, ansiedade, risco de câncer e ataques cardíacos. Com isso, qualquer atividade que ajude a combatê-lo melhora o bem-estar de maneira abrangente.

Além disso, a masturbação ajuda a reduzir a agitação e, até mesmo, a insônia. Ela libera hormônios que melhoram o humor e desanuvia a cabeça de preocupações. No fim do dia, essa é a melhor forma de obter uma ótima noite de sono e acordar renovada para enfrentar a rotina.

5. Melhora a libido

A masturbação aumenta a libido da mulher, e isso promove outros benefícios significativos. Tal prática ajuda a liberar o estresse e a ansiedade, além de elevar a circulação sanguínea na região íntima, de forma a contribuir com a saúde do órgão sexual feminino.

O ato de explorar a região íntima previne ainda a incontinência urinária. Isso ocorre porque a prática aumenta o tônus dos músculos da pelve — o que também ajuda no tratamento de doenças sexuais, como a dispaurenia (dor ocorrida durante a relação sexual) e o vaginismo.

Muitas mulheres fingem que chegaram ao orgasmo durante a transa. Com a masturbação, elas podem redescobrir o prazer após relações sexuais que não foram tão bem-sucedidas o quanto esperavam. Afinal, estimular a libido gera vontade de transar, o que ajuda a melhorar a vida do casal como um todo.

6. Gera sensação de bem-estar

Você já se perguntou por que uma pessoa recorre à masturbação? É que tal prática propicia prazer. Quando as mulheres se tocam e conseguem encontrar o ponto G, sentem bem-estar. A explicação está na liberação de neurotransmissores no cérebro, capazes de melhorar o humor e a saúde física como um todo.

Assim, um dos resultados da masturbação é a liberação de dopamina, uma substância encarregada de gerar sensação de prazer. Ela é responsável pelo aumento do bem-estar — justamente por isso tal prática é tão viciante.

O ato de se masturbar melhora a saúde em níveis biológicos e psicológicos. Isso porque a masturbação faz liberar endorfinas e catecolaminas, substâncias que resultam na melhora do estado de ânimo.

7. Melhora as relações do casal

Existe uma falsa ideia de que a mulher que se masturba acaba perdendo o interesse nas relações sexuais. Isso não passa de um mito, mas ainda é muito difundido e acaba gerando desinformação.

Na verdade, o que ocorre é justamente o oposto. Masturbar-se favorece a melhora nas relações sexuais, já que a prática ajuda a mulher a conhecer melhor seus estímulos sexuais. Desse modo, fica mais fácil guiar aquela pessoa especial no momento do sexo.

Inclusive, o contato próximo entre o casal propicia o fortalecimento de uma bela intimidade. Ao chegar ao orgasmo frequentemente, maiores são as chances de a mulher consolidar a relação. Consequentemente, a convivência fora da cama torna-se mais interessante.

A masturbação feminina também pode ser praticada a dois, proporcionando novas formas de buscar o prazer. Uma boa ideia é combinar a prática com a utilização de brinquedos eróticos bem escolhidos, como vibradores e lubrificantes, que facilitam a entrada de dedos na vagina, por exemplo.

Agora sim você sabe quais são os muitos benefícios da masturbação feminina. O mero ato de se tocar por alguns minutos resulta na melhora do humor, apimenta relações e previne até mesmo doenças. Dica: agregue alguns acessórios à prática, como os vibradores, para tornar esse momento ainda mais especial.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *